fbpx
A dica de hoje é sobre gorduras

A alimentação saudável do atleta de Futebol, de 6 a 17 anos, tem que ser tratado com grande importância. Pois o desenvolvimento físico é um grande referencial para fazer diferença no esporte e para favorecer o melhor desempenho esportivo e evitar carências nutricionais.

Com uma alimentação equilibrada, pode-se melhorar os depósitos de energia, reduzir as doenças, reduzir o cansaço, aumentar o tempo de atividade do atleta, recuperar os músculos depois do treino e melhorar a saúde geral.

Para isso, a dieta deve ser equilibrada, ter qualidade, variedade e moderação. Por isso, é importante conhecer os alimentos para saber em que eles podem ajudar ou prejudicar no desempenho esportivo.

A dica de hoje vai ser sobre gorduras

Também fornecem grande quantidade de energia, mas suas principais funções são: auxiliar na absorção de vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K), fornecer saciedade ao organismo, produzir hormônios, proteger e isolar órgãos e tecidos.

Existem 2 tipos de gorduras:

As saturadas, que são encontradas em produtos de origem animal (carnes, manteiga, creme de leite, requeijão) ou origem vegetal sólidos (gordura vegetal hidrogenada, presente, por exemplo, em sorvetes, bolachas recheadas, bolos, salgadinhos, batata frita, pipocas – esta faz mal a saúde e deve ser evitada)

As insaturadas, que são mais saudáveis e são encontrados na forma líquida como os óleos de canola, soja, oliva, de milho e girassol.

Atenção: possuem absorção demorada e devem ser consumidos com moderação, para não prejudicar o desempenho do jogador.

Aqui temos um artigo cientifico para aqueles que desejam aprofundar mais: https://www.ativo.com/nutricao/gorduras-boas-aliadas-dos-atletas/

Deixe um comentário